quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Guia de Como Tirar Fotos e Fazer Vídeos para Redes Sociais Usando Smartphone.

photos

Há um processo em três passos para tirar boas fotos com celular.
1. Prepare seu smartphone
Como você vai fazer tudo isso usando um smartphone comum, é importante começar vendo como prepará-lo para tirar as melhores fotos possíveis.
É isso mesmo: você pode até ter o iPhone mais novo, mas se você não fizer os ajustes necessários às configurações, não vai ter fotos incríveis.
E então, o que você deve ajustar no seu smartphone?
Para começar, você deve desativar o HDR (High Dynamic Range).
Ele é complexo e difícil de acertar. Confie em mim, você vai me agradecer depois.
Esse artigo já vai ser bem técnico, e por isso não vou te ensinar exatamente como o HDR funciona.
Em vez disso, vou te mostrar como desativá-lo!
Primeiro, abra sua app Camera. Você vai ver o ícone de HDR na barra de ferramentas superior – o segundo ícone.
IMG 6466
Se o HDR estiver ativado, clique nele para ver uma lista de opções.
IMG 6467
Clique no botão OFF e pronto! Vamos para o próximo passo!
IMG 6468
O segundo passo para configurar seu smartphone é alterar a exposição das suas fotos.
Se você estiver se perguntando por que isso é importante, pense na última vez em que você tirou uma foto de um céu bem claro.
Você percebeu alguma coisa estranha na foto? Talvez ela tenha ficado superexposta?
Isso acontece porque smartphones tendem a usar exposição demais em certas partes da fotografia.
Felizmente, existe uma solução simples para isso.
Se você puder diminuir a exposição na foto, vai poder capturar tudo corretamente.
Não se preocupe em acabar tirando uma foto subexposta.
Imagens subexpostas podem ser ajustadas e clareadas na edição, o que significa que você ainda assim pode ter a foto desejada.
Veja este exemplo, tirado da página do Airbnb no Instagram:
1.7
Acredite, é melhor ter uma imagem com baixa exposição que pode ser corrigida com edição do que uma foto completamente arruinada devido a exposição demais.
Para garantir que a sua foto tenha exposição baixa, tudo o que você tem que fazer é clicar e segurar na parte mais clara da imagem na câmera.
Isso vai fixar a exposição e o foco, o que significa que você vai poder mover a câmera e tirar a foto como quiser.
Acredite, isso vai facilitar muito tirar fotos no sol.
Agora que já fizemos isso, vamos cuidar da parte mais difícil!
2. Como tirar fotos melhores
Se você estiver se sentindo intimidado por essa seção, não se preocupe. Não vou ensinar um curso completo de fotografia aqui.
Meu foco são os princípios básicos. E por isso, hoje vamos nos concentrar nos dois aspectos mais importantes para tirar boas fotos com celular.
Em poucas palavras, a iluminação e a composição vão ditar a qualidade das suas fotos.
A iluminação envolve mais do que evitar que suas fotografias tiradas durante o dia não fiquem superexpostas.
Vale a pena começar com esse tema, porque sem boa iluminação, suas fotos serão inúteis.
Quando você está em uma área escura, pode achar que tem luz suficiente – e depois descobrir que a foto ficou praticamente inutilizada.
Se você estiver ao ar livre durante o dia, está enxergando bem, mas seu smartphone pode superexpor a metade da foto.
A regra mais importante da iluminação é que você precisa prestar atenção a isso antes de tirar as fotos.
Você deve tentar utilizar a luz natural sempre que possível.
Veja esta imagem da National Geographic para ter uma ideia do que pode ser feito com luz natural.
1.6
Se quiser, você pode comprar algumas lâmpadas para tirar fotos de produtos, por exemplo.
Mas sinceramente: a luz natural vai ser suficiente para a maioria das suas necessidades.
Se estiver tirando fotos no interior de um edifício, faça o possível para se posicionar perto de uma janela e longe da luz artificial.
O problema da luz artificial é que ela deixa as imagens amareladas, o que pode arruinar uma fotografia perfeita.
Dica Profissional!  Não há nada como tirar fotos ao nascer do sol ou ao pôr do sol para aproveitar contrastes de luz incríveis.
Aqui está um ótimo exemplo do Loki the Wolfdog:
1.5
Por outro lado, não tenha medo de tirar fotos em dias nublados.
Apesar de isso parecer um pesadelo para a iluminação, na realidade o tempo cinzento significa que a luz se espalha em todas as direções.
Esse tempo vai te dar muitas opções interessantes na hora de editar suas fotos.
Agora que você já encontrou o ambiente perfeito, é hora de decidir como você vai tirar a foto.
A composição de uma foto envolve tantos elementos que nós poderíamos falar só disso o dia todo.
Mas estamos aqui para discutir os princípios básicos, certo? Assim, vamos examinar os fundamentos da composição e te preparar para tirar boas fotos com celular.
Se você só se lembrar de uma coisa nessa seção, lembre-se disso: a Regra dos Terços faz coisas incríveis com as suas fotos.
Essa é uma regra básica na comunidade da fotografia, e por boas razões. Quando aplicada corretamente, a Regra dos Terços pode transformar uma foto comum em uma imagem muito atraente.
Veja o que você precisa saber.
Essencialmente, a Regra dos Terços é uma forma de alinhar sua foto para criar uma imagem o mais atraente possível.
Se isso parece confuso, preste atenção à próxima seção: vou mostrar uma solução rápida.
Se você quiser saber como tirar fotos melhores, mas não entende bem essa história de Regra dos Terços, esse é o seu dia de sorte!
Existe uma “grade” que você pode ativar em app de câmera que faz todo o trabalho duro por você.
Para fazer isso, vá às configurações do seu iPhone, navegue até a aba “‘Photos & Camera” e clique nela.
1.8
Após fazer isso, vá até a seção “Câmera” e você verá uma aba chamada “Grid”.
1.9
Agora você pode ativar o modo “Grid” mode.
1.10
Ao voltar à app Camera, você verá sua tela assim:
IMG 6470
Como tirar fotos profissionais pelo celular com o auxílio dessa grade? Aqui estão alguns exemplos.
Digamos que você esteja em frente a um quadro, se preparando para tirar fotos. Comece posicionando sua câmera de acordo com o centro do quadro.
A partir daí você poderá usar a grade para determinar como tirar a foto. Preste atenção a onde as linhas estão e mexa com elas um pouco para ver que variações te atraem mais.
E isso me traz à minha próxima dica para tirar boas fotos com o celular: não tenha medo de fazer experiências.
Suas primeiras fotos provavelmente serão um pouco decepcionantes. Mas o importante é que você continue experimentando estilos e variações diferentes.
Isso não só evita que o seu conteúdo fique estagnado, mas também aumenta as chances de você encontrar alguma coisa que gere impacto em seu público.
Tirar fotos vai te ajudar a se destacar. Desenvolver um estilo de fotografia pessoal vai garantir que a sua marca seja reconhecível instantaneamente.
Fazer experiências para descobrir que tipo de fotos você gosta de tirar é uma das formas mais simples de desenvolver esse estilo único.
Mas ter um estilo pessoal vai muito além disso. Você pode tirar fotos em estilo banner, juntando-as para formar uma única imagem em seu perfil.
Veja este exemplo, do Instagram do músico A$AP Rocky.
1.11
Faz sentido associar esses experimentos com dados analíticos, para garantir que você está criando conteúdo que o seu público aprecia.
Independentemente do tipo de conteúdo que você está criando, suas ações de marketing sempre devem se basear em dados.
E finalmente, temos a questão da paleta de cores.
Esse é um tema que alguns especialistas em marketing mais experientes já devem conhecer. Mesmo que você não saiba como isso funciona, provavelmente tem uma ideia da importâncias das cores.
As paletas de cores (ou de estilo, dependendo do que você faz com seus perfis nas mídias sociais) servem para aproveitar ao máximo as suas fotos.
Aqui está um guia completo sobre cores e emoções, criado pela The Logo Company.
1.12
Se você ainda não sabe nada sobre isso, aqui estão algumas dicas:
  • Paletas neutras geralmente são minimalistas. Uma opção excelente para marcas de moda ou lifestyle.
  • Paletas quentes são mais acolhedoras e funcionam bem para marcas de alimentos, por exemplo.
  • Paletas frias criam uma sensação de distância e funcionam bem para marcas relacionadas à paisagens e natureza.
Estudar a teoria das cores pode te mostrar como tirar fotos melhores para o seu marketing.
3. Como editar a foto
Você já tirou as fotos, mas o processo ainda não acabou!
Para realmente ter fotos incríveis, você vai precisar do processo de edição, para preparar as imagens para o seu público.
Aqui existem duas opções.
Temos as pessoas que só editam fotos em computadores, porque gostam de ter a liberdade de usar ferramentas mais complexas. Particularmente o Photoshop.
Se você quiser edições precisas e intensas, o Photoshop é a sua melhor opção.
Essa é a escolha dos profissionais, como se vê no site oficial do Photoshop.
1.13
Existem muitas outras ferramentas para editar fotografias no mercado, mas poucas são tão fáceis de usar ou tão abrangentes quando o Photoshop.
Dica profissional! Se seu orçamento for limitado, o Gimp é uma alternativa gratuita ao Photoshop que tem ferramentas quase idênticas.
O segundo grupo são as pessoas que preferem fazer tudo em um lugar só.
As ferramentas de edição de imagem para smartphones podem não ser tão poderosas ou abrangentes quanto o Photoshop, mas definitivamente fazem tudo de que você precisa.
Minha favorita? Hoje em dia estou sempre usando a Canva.
Ela é simples, intuitiva e o melhor: gratuita.
1.14
Se você estiver se perguntando que tipos de edição deve usar em suas imagens, aqui estão algumas dicas.
Primeiro: não exagere nos filtros. Se resolver usar algum filtro, verifique se ele não altera a composição da foto original.
Para quem é iniciante, a melhor forma de pensar na edição é focar nos três elementos principais:
Brilho, contraste e saturação. Examine cada uma dessas configurações e faça experiências até encontrar a combinação perfeita.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

15 termos usados em marketing digital



Separamos 15 Termos Usados no Mundo do Marketing Digital e Que Você Precisa Saber o Significado:

1 - Leads
Contato gerado por uma ação de marketing. Podendo ser o recebimento de um e-mail para sanar dúvidas, ligação ou inscrição.


2 - Avatar / Persona / Cluster / Público Alvo
Acima ambos os termos são utilizados para referenciar-se a segmentação de público, contudo cada um em um nível de segmentação distinto.


3 - Prospect
É um lead qualificado, num funil geralmente é tratado um nível antes do lead tornar-se um cliente efetivo.


4 - Suspect
Um lead gerado em que neste momento não tem o real interesse em consumir seus produtos / serviços ou simplesmente ele não tem o poder de decisão.


5 - Inbound Marketing
É o conceito de aplicação do Marketing / Venda por geração de conteúdo e não mais por ofertar um produto ou serviço de forma direta ao consumidor. Se cria um funil dispondo em cada etapa informações de seu produto / serviço / causa e em certo(s) momento(s) do funil é realizada a chamada para a compra, com isto o consumidor geralmente está mais preparado para a compra. Para a geração de conteúdo se utiliza sites, blogs, mídias sociais, e-mail, dentre outras ferramentas.


6 - Marketing Outbound
Também chamado de marketing tradicional, o marketing outbound é a forma de divulgação, captação de clientes de forma direta ou seja utilizando ferramentas que permitam expor seu produto ou serviço a um possível consumidor. As ferramentas utilizadas para a divulgação podem ser cartões, panfletos, mídias de busca, rádio, televisão, dentre outros.


7 - CRO
Conversion Rate Optimization | Otimização de Taxa de Conversão. O CRO é o termo utilizado para a realização de uma série de testes e aplicações de procedimentos nas páginas de destino com o objetivo de que se gere mais leads e/ou mais vendas. Trabalhando o CRO pode-se manter o mesmo tráfego e mesmo assim ter um aumento na conquista do objetivo.


8 - CPC
Custo por Clique, mídias de busca utilizam este termo para informar aos anunciantes quanto que cada termo está custando.


9 - CPM
Custo por Mil Impressões. Ao anunciar em redes de display e geralmente se o objetivo for exposição de marca utilizamos o pagamento em formato de exibições. Com o CPM os anunciantes só pagam o anúncio após mil impressões.


10 - CTR
Taxa de Cliques. Em mídias de busca utilizamos esta métrica para mensurar se os nossos anúncios estão atrativos, logo estão gerando uma quantidade saudável de cliques.


11 - CTA
Call To Action | Chamada para Ação. As CTA´s são utilizadas em todos os momentos no mundo do marketing on e off. Nada mais são do que frases que de maneira didática indica ao consumidor / usuário o que você deseja que ele realize. Exemplo: Peça um Orçamento! Assine Já! Ligue Agora!


12 - KeyWord
Palavra Chave, termo muito utilizado ao criar campanhas em mídias de busca. Você define quais são as palavras chaves (keywords) que seus anúncios serão acionados pós o usuário digita-las num buscador.


13 - Conversão
A conversão é uma ação de valor realizada em seu site, blog, landing page... Uma conversão pode ser uma ligação, um pedido de informação preenchendo um formulário de contato, o clique num botão, assistir um vídeo, ler um artigo, dentre outros.


14 - Fan Page
Página no facebook voltada a empresas.


15 - SEO
Search Engine Optimization | Otimização para Mecanismos de Busca.
É uma série de procedimentos e técnicas realizadas nas páginas de seu site, blog, e-commerce, etc em que visa fazer com que os mecanismos de busca como buscador do Google, MSN, Bing, dentre outros possam ranquear nas primeiras posições páginas de seu site acionadas por termos de pesquisa.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Modelos de Currículos para quem não tem experiência



O mercado de trabalho muitas vezes exige tanta experiência que nem sabemos direito o que devemos colocar no currículo que preenchemos para entregar em uma empresa, e quando não se tem experiência, as dúvidas ficam ainda maiores.
É certo que um currículo bem montado pode ser o ponta pé inicial para abrir a porta das oportunidades para quem não tem experiência, mas é preciso ser objetivo e não colocar informações desnecessárias apenas para ocupar espaço. Existem muitos modelos de currículos que podem ser utilizados nesse momento e cada um pode ter definições diferenciadas.

Os tipos de currículo para quem não tem experiência

Fazer um currículo nem sempre é fácil, ainda mais quando não se tem experiência para descrever e preencher um currículo, mas é importante lembrar que hoje com a internet podemos encontrar muitas alternativas e dicas de como montar um currículo para quem ainda não tem experiência.
Cada currículo pode ter uma finalidade diferente e conhecer o melhor tipo de acordo com a oportunidade que está buscando é a melhor maneira quando não se tem experiência, alguns modelos de currículos mais utilizados são:
  • Currículo profissional para Word: esse modelo de currículo é um dos mais utilizados seja por quem tem experiência ou para quem não tem, nele é detalhado desde dados pessoais até mesmo especificações relacionadas a pessoas que possam dar referências sobre a sua pessoa, é um currículo muito fácil de preencher;
  • Currículo para estágio: é um currículo que pode ser feito no Word e que é direcionado a quem busca uma oportunidade de trabalho na área de atuação e muitas pessoas não possuem experiência, esse currículo tem 8 campos para ser preenchido, mas nem sempre todos são preenchidos em caso de falta de experiência, o importante é sempre ser sincero e objetivo;
  • Currículo em inglês: muitas pessoas possuem boa formação, mas nenhuma experiência e mesmo assim tem a oportunidade de tentar oportunidades fora do país através de um currículo elaborado especificamente para esse tipo de pessoa, esse tipo de currículo é bem complexo e precisa tem fluência no idioma, todos os dados inseridos são importantes para análise de um recrutador americano;
  • Currículo para Desenvolvedores: esse tipo de pessoa geralmente está saindo da faculdade ou ainda estudando e nem sempre com experiência, sendo um currículo bem mais básico de apenas uma página e com dados necessários para contato, cursos e objetivos profissionais;
  • Curriculum vitae: esse currículo apesar de parecer bastante com outros ele é mais completo, levando informações mais detalhadas direcionadas em especial para setores de RH´s que geralmente são bem mais rigorosos, é importante colocar todas as informações necessárias e opções de contatos, cursos, e bicos como experiência, idiomas, carta de apresentação e etc., mas sem exageros.


Para quem não possui nenhuma experiência, montar um currículo profissional nem sempre é uma tarefa fácil, afinal o intuito é sempre impressionar ainda mais quando não se tem experiência, mas é preciso tomar certos cuidados para não exagerar.
Depende da finalidade do seu currículo é importante seguir algumas dicas ao preencher para entregar em uma determinada empresa, algumas dicas do que realmente é necessário colocar em um currículo podem ajudar a montar um bom currículo que venha gerar oportunidades imediatas, veja:
  • Defina o tipo de currículo que está montando, estágio, profissional;
  • Coloque os seus dados pessoais e até mesmo links para redes sociais, isso pode ajudar em determinadas áreas;
  • Não é preciso informar documentos como RG e CPF;
  • Defina em poucas linhas a área de atuação que tem interesse em atuar;
  • Informe cursos ou formação que tenha;
  • Seja objetivo;
  • Se fez bicos ou estágios relacionados a área é bom colocar como experiência.

Construa Conteúdos Relevantes


Quando se trata de marketing digital, especificamente de marketing de conteúdo todos sabemos que o conteúdo precisa ser relevante. Mas afinal o que é um conteúdo relevante?

Para produzir um conteúdo de relevância é preciso questionar alguns fatores pontuais antes de começar a produzi-lo como: para quem você está produzindo? Qual seu público alvo? A informação será necessária?

É importante considerar que na era digital um conteúdo relevante é principalmente uma informação de interesse público produzido e embasado sobre os quatro pilares da audiência:
  • Prestação de serviço
  • Entretenimento
  • Conhecimento
  • Engajamento

Produzir um conteúdo relevante e de qualidade investe diretamente na imagem da sua marca, empresa e conquista sucessivamente um público fiel.

Entenda seu público-alvo

O primeiro passo para se produzir seu conteúdo relevante é pensar sempre no leitor e em quem irá consumir o material.

Tenha em mente que para seu conteúdo seja aquilo que seu público-alvo deseja ouvir e seja de fato relevante é necessário que conheça sua audiência profundamente.

Conhecer seu público é uma questão de estudar e analisar desde o comportamento, hábitos, desejos e necessidades.

Conhecer os costumes do seu público é crucial para entendê-lo, é fundamental ir atrás de determinadas informações e características do seu público como idade, sexo e classe social.

Entendendo seu público alvo facilita na hora de escolher qual o tipo de linguagem e meio para se comunicar com esse público.

Depois de conhecer sua audiência é muito importante manter um canal com ele. É substancial existir uma comunicação direta com seu público.

Se você pretende sempre melhorar a qualidade do seu conteúdo e sua relevância esteja sempre monitorando e avaliando a reação do público e se você tem alcançado seus objetivos.

Uma boa maneira de avaliar se seu conteúdo está sendo relevante é através de comentáriospesquisas e enquetes.

Criando um conteúdo necessário

A internet está repleta de conteúdos dos mais variados estilos e temas. Pensando nisso o grande segredo para se criar um conteúdo relevante para determinado público é considerar que o teor do conteúdo se faça necessário e a informação seja de importância para quem está consumindo.

Quando um conteúdo é criado levando em consideração os sentimentos, anseios, inseguranças e desejos do seu público aquele conteúdo começa a ser necessário na rotina do leitor e as chances dele voltar a acessar seu site ou blog são maiores. Criando assim uma relação do público com a sua marca.

É através de um conteúdo relevante que você consegue atrair a fidelidade do seu público – imprimindo assim as características e missões da sua empresa.

Atingir o público através de conteúdo relevante é uma maneira de investir na imagem da sua empresa ou marca de maneira progressiva.

Converta

conteúdo relevante é uma arma poderosa na hora de converter. Podemos definir a conversão como uma ação esperada do visitante do site ao acessar a página.

Na hora de produzir seu conteúdo é preciso pensar em qual é a sua finalidade? Sua publicação tem um objetivo final? Muito provavelmente o propósito da sua publicação é a conversão.

Uma informação relevante e necessária é um grande aliado na hora de persuadir seu leitor e converter dentro do seu site.

Através dos conteúdos postados é possível definir qual será a próxima ação do visitante como captação de emails, cadastros e inscrições.

Um conteúdo explicativoassertivo com seu público e que conversa de maneira clara com o leitor é a melhor maneira de atrair, se comunicar e converter o visitante como um cliente.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

5 maneiras de simplificar o seu dia



Viver uma vida de simplicidade pode ser uma coisa bonita. Mas a simplificação por si só pode parecer um processo angustiante.
Então eu recomendo simplicidade na sua simplificação.

Em vez de tentar simplificar toda a sua vida, jogando fora toda a sua desordem e preparando seu horário apenas para meditar e escrever um livro, que tal simplificar apenas uma coisa?

Simplificar uma coisa é possível. Você não precisa simplificar tudo hoje - você tem muito tempo para fazer tudo isso.

Simplicidade é o caminho.

Você pode escolher uma das ideias abaixo e implementá-la hoje. Se funcionar bem, continue amanhã. Ou tente uma das outras ideias. E faça isso com um sorriso!
1. Uma tarefa única. Quando for fazer sua próxima tarefa, se dedique a ela. Feche todo o resto, guarde o telefone e apenas se concentre nessa única atividade. Se você está lendo este artigo, fique com ele e não faça nada até que você termine de ler. Quando decidir verificar as mídias sociais, verifique uma de cada vez e faça só isso,. com atenção plena. Quando fizer uma caminhada, não tenha nada para ouvir ou olhar, além da natureza ao seu redor. Uma coisa por vez: apenas lave a louça, escreva, coma. Esta é uma ideia muito simples, e é possível agora.
2. Use espaços intermediários como mini-meditações. Quando terminar com uma coisa, em vez de correr para a próxima, pause. Aproveite este espaço no meio. Observe como você está sentindo, o que está à sua volta, o que você acabou de fazer, qual é sua intenção no que você está prestes a fazer. Quando estiver indo para algum lugar, seja somente uma outra parte do escritório ou outra parte da sua cidade, apenas aproveite este tempo totalmente, como se fosse tão importante quanto qualquer outra coisa que você faz, e não se apresse demais.
3. Abra mão de algum compromisso. Nossas vidas estão tão cheias porque dizemos "sim" demais, e nossos compromissos se acumulam ao longo do tempo. Você pode simplificar sua vida ao abrir mão de algum deles. O que não está satisfazendo você? De que compromisso você pode sair hoje, apenas informando que não tem espaço para ele? Pratique dizer "não" com confiança e amor.
4. Esteja completamente presente com alguém. Escolha uma pessoa hoje para entregar toda sua atenção. Afaste seu telefone, esqueça de tudo o que você está pensando, e apenas esteja com ela. Escute-a. Tente vê-la completamente. Abra seu coração para ela. Envie-lhe o seu amor. Se você fizer isso com uma pessoa por dia, o que é uma coisa tão simples de fazer, sua vida se tornará melhor através de melhores relacionamentos e conexão.
5. Limpe um espaço. Encontre uma pequena área em seu espaço de trabalho ou em casa, e limpe toda a bagunça. Apenas a quantidade de espaço que você pode abraçar. Por exemplo, apenas um pouco de espaço na sua mesa ou balcão de cozinha. Deixe que este seja o oásis de paz e simplicidade feliz que se espalharão para o resto de sua vida!
Estas são cinco pequenas coisas que você pode fazer, não importa como esteja seu dia hoje. Não faça todas as cinco coisas, mas simplesmente escolha uma.
E aproveite a simplicidade que vem com o fazer.

Fonte: administradores.com.br